O Presépio nos convida a despojar o ódio e rancores, a reconhecer no sorriso terno e acolhedor do Menino do presépio os rostos tristes ou alegres de todos os meninos do mundo; a reconhecer todos os homens como iguais:ricos e pobres, doutores e ignorantes, cristãos e pagãos, pastores e magos porque para todos nasceu o Menino. Deus convidou a TODOS ao presépio: a Herodes, aos sacerdotes, aos escribas e aos fariseus, mas somente os pastores e os Magos foram até ele. Hoje nos segue convidando para dobrar os joelhos diante do presépio; mas esse presépio estará morto se não reconhecermos o Menino nos milhões de rostos humanos que nos rodeiam.



Presépio particular - Natal de 2018 

CelsoRosa2018

Presépio - Celso Rosa - figuras Marolin

A Arte e a Fé eternizaram o Nascimento de Jesus nas palhinhas pobres de Belém. Pelo amor e pelo espírito, a função máxima da Arte é a de glória.



Presépio - Celso Rosa 

Poema de amor sem romance, poema de luz sem sombra, poema de essência virginal é o Nascimento de Jesus, transcendente aparição do Divino, anunciada pelo emissário do Espirto Santo! 

Hic da Virgina Maria Jesus Christus natus est.


Presépio particular - Natal de 2015

Presépio - Celso Rosa 



© Celso Rosa 2019         amigosdopresepio@yahoo.com.br